[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Videolar-Innova investe em capacidade de produção de EPS

A Videolar-Innova, localizada no Polo Petroquímico de Triunfo, pretende adicionar 28 mil toneladas anuais de capacidade para produção de poliestireno expandido, conhecido popularmente por Isopor®. O novo projeto incorpora instalações como um tanque de armazenamento de pentano e silos, além de laboratórios de avaliação de qualidade e aplicações e um conjunto extrusora, linha piloto, peletizadora, centrífuga e peneira.

Em entrevista ao Jornal do Comércio a sócia diretora da MaxiQuim Solange Stumpf afirma que apesar do momento de fraca economia, o acréscimo na capacidade de produção tem potencial, principalmente no que tange inovações. Segundo ela, o isolamento térmico na construção civil pode ser um mercado em potencial que ainda é pouco explorado.

A empresa, desde 2013, tem planos de dobrar sua capacidade de produção anual de estireno, matéria prima do poliestireno, para 500 mil toneladas. Tal fato vem sendo adiado provavelmente pelo cenário econômico, entretanto o projeto de lei que garante crédito fiscal aos fabricantes de estireno aprovado pela assembleia legislativa gaúcha na semana passada deve fortalecer o projeto.

Fonte: MaxiQuim

REDES SOCIAIS_