[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Dow e Plaszom desenvolvem nova embalagem de PE

Dow e Plaszom desenvolveram em parceria uma nova embalagem, sob nome comercial DIAMANTO™, para a Hemmer Alimentos. Trata-se de um filme flexível rígido 100% polietileno com patente requerida pela Dow e que substitui o tradicional laminado composto de PP e PE.

Com o desenvolvimento do DIAMANTO™, a DOW passa a atuar em um novo nicho de mercado e concorrer com o polipropileno em diversos segmentos, tornando-se uma alternativa no desenvolvimento de embalagens mais competitivas e inovadoras.

A inovação mostrou-se uma boa opção para embalagens de molhos em sachês. Dentre as principais vantagens apresentadas são transparência e rigidez em filmes 100% de polietileno, baixa temperatura de iniciação de selagem, capacidade de customizar o desempenho da selagem, incluindo abertura fácil e possibilidade de redução de espessura quando comparado com filmes de cPP ou filmes convencionais de PE.

O filme possui espessura de 20 a 30% mais fina, porém resistente, resultando em redução de custo de produção como também em desperdícios no estabelecimento, visto que o consumidor final reduzirá ou eliminará a perda involuntária por acidente durante o manuseio do sachê.

O DIAMANTO™ possui barreira contra umidade, podendo ser utilizado em diversas outras aplicações. Segundo a DOW, a nova solução é uma alternativa que pode ser utilizada sem nenhum custo adicional em maquinários, o filme se adapta aos equipamentos já existentes.

Fonte: MaxiQuim

REDES SOCIAIS_