[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

BNDES financia projeto de inovação de empresa de telecomunicações

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento no valor de R$ 71 milhões para investimentos em inovação da Intelbras S.A. – Indústria de Telecomunicação Eletrônica Brasileira.

O projeto da empresa, com sede em Santa Catarina, prevê a implantação de amplo plano de inovação, no período de 2014 a 2016, no âmbito do Programa de Sustentação do Investimento (BNDES PSI).

Os recursos permitirão à empresa investir em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias nacionais nos seus principais segmentos de atuação: aparelhos telefônicos (com fio e sem fio), centrais telefônicas e segurança eletrônica.

Dessa forma, no segmento de telefonia, a Intelbras pretende desenvolver novas funcionalidades e incorporar tecnologias. No ramo de centrais telefônicas, o objetivo é passar a atuar também em centrais telefônicas de grande porte, com tecnologias mais avançadas, como centrais IP (Internet ou Intranet), permitindo aos usuários comunicação por meio de diferentes tipos de mídias (voz, dados e vídeo).

Já na divisão de segurança eletrônica, a meta é o desenvolvimento de novos produtos, com vistas a aumentar a participação de mercado e consolidar posição de liderança da empresa.

A Intelbras estima que sejam gerados 224 empregos diretos com a realização do plano de investimento.

 

Fonte: BNDES / Anpei

REDES SOCIAIS_