[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
Lançamento em breve do livro "Catalisando a Economia Circular"!
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Elekeiroz anuncia JV com Nexoleum para expandir mercado global de químicos de origem renovável

A Elekeiroz uniu forças com a Nexoleum, produtora de plastificantes vegetais, para a exploração do mercado global de plastificantes, através de um inovador portifólio de produtos de origem renovável com patentes concedidas internacionalmente.

Ambas as companhias têm sede no estado de São Paulo, sendo a Elekeiroz uma empresa de capital aberto controlada pela holding Itaúsa, e líder sul-americana na produção de Oxo-Álcoois, Plastificantes, Anidridos Orgânicos, entre outros. Já a Nexoleum é responsável pelo desenvolvimento de tecnologia própria para a produção de produtos renováveis produzidos a partir de óleos vegetais para diversos mercados e aplicações com patentes internacionais.

O objetivo dessa união será a produção, venda e distribuição de plastificantes ecologicamente corretos, obtidos da síntese de materiais renováveis, como óleos vegetais. Os parceiros também aprovaram o investimento em uma nova planta com capacidade 24 mil toneladas em Várzea Paulista (SP) para a produção desses plastificantes. A nova planta deverá entrar em operação no início de 2017.

Segundo o CEO da Elekeiroz, Marcos de Marchi, a empresa está focando na criação de soluções para os desafios apresentados atualmente e para futuras restrições regulatórias mais severas.

Segundo os fundadores da Nexoleum, a tecnologia inovadora oferecerá aos seus clientes uma opção sustentável de produtos que apresentarão qualidade igual ou até superior quando comparados aos produtos tradicionais, além de um preço competitivo, inclusive para o cenário internacional.

Fonte: MAXIQUIM

REDES SOCIAIS_