[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
Lançamento em breve do livro "Catalisando a Economia Circular"!
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Horizon Pharma adquire farmacêutica por US$ 1,1 bilhão

A Horizon Pharma anunciou a aquisição da Hyperion Therapeutics por US$ 1,1 bilhão. A farmacêutica ofereceu US$ 46 por ação, um aumento de 7,6% em relação ao valor de fechamento das ações da Hyperion.

Segundo o Wall Street Journal, o acordo irá contribuir com US$ 100 milhões ao Ebitda da Horizon já em 2016, sendo US$ 50 milhões em cortes de custos.

A aquisição irá incluir dois tratamentos para condições raras ao portfólio da Horizon. Os dois remédios, Ravicti e Buphenyl, trouxeram US$144,4 milhões em vendas no ano passado.

O negócio também irá ampliar a infraestrutura para doenças “órfãs”, segundo o presidente da Horizon, Timothy P. Walbert. Doenças órfãs são condições raras, nas quais companhias farmacêuticas não costumam investir.

A transação foi aceita pelas duas empresas e deve ser finalizada no fim do segundo trimestre.

Em setembro, a Horizon mudou sua sede para Dublin, na Irlanda, para reduzir o pagamento de impostos. Essa mudança possibilitou a compra da irlandesa Vidara Therapeutics International, por US$ 587 milhões.

Fonte: EXAME

REDES SOCIAIS_