[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
Agricultura Regenerativa: uma perspectiva de modelo de negócio circular
DIRETO DO BLOG
Lançamento em breve do livro "Catalisando a Economia Circular"!
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Jalles capta R$ 133 milhões no mercado de capitais

A goiana Jalles Machado S.A, produtora de açúcar e etanol, captou no mercado de capitais R$ 133 milhões. A empresa emitiu informativo ao mercado sobre a operação que terminou na última quarta-feira (09). Os recursos serão utilizados para reforçar a liquidez da companhia.

O anúncio se refere à distribuição pública de certificados de recebíveis do agronegócio (CRAs) da primeira série da segunda emissão da Fortesec securitizadora, lastreados em cédula de produto rural financeiro emitida pela Jalles.

A emissão teve como coordenadora a XP Investimentos e a demanda total superou a oferta inicial de R$ 100 milhões. Com exercício dos lotes adicional e suplementar, o montante foi de R$ 133,3 milhões remunerados à taxa de CDI +1,4% ao ano.

O prazo da operação é de 45 meses com amortização de 50% no 33º mês e 50% na data de vencimento. Esta foi a terceira emissão sobre a instrução ICVM 400 e a primeira distribuição continuada, fato que possibilitou abranger 70% a mais de investidores. No total, 2.151 investidores adquiram os CRAs, perante 1.270 na emissão anterior.

REDES SOCIAIS_