[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

5-HMF ‘verde’ começa a ser produzido na Suíça

Com sede na Suíça, a AVA Biochem iniciou a produção em escala comercial do 5-HMF (5-hidroximetilfurfural) na sua instalação em Basel. 5-HMF é feito a partir de matéria-prima renovável e possui uma ampla gama de aplicações.

O processo de produção de 5-HMF da AVA Biochem é baseado em uma versão modificada do processo de carbonização hidrotérmica (HTC), obtendo um produto com pureza de até 99,9%. Quantidades em escala comercial já estão disponíveis para entrega. Na escala comercial, a instalação irá produzir, nesta primeira fase, até 20 toneladas de 5-HMF por ano.

O 5-HMF é utilizado em muitas aplicações industriais. Suas características especiais tornam o 5-HMF um produto químico chave na bioquímica e uma matéria-prima importante para a produção industrial de polímeros e aditivos. Resinas com 5-HMF podem ser utilizadas como substitutas para o formaldeído. A oxidação do 5-HMF resulta em intermediários valiosos, como o ácido 2,5-furandicarboxylic (FDCA), que é visto como um possível substituto para o ácido tereftálico na produção de poliésteres. Além disso, 5-HMF pode ser convertido em 2,5-dimetilfurano, utilizado em biocombustíveis. Na natureza a molécula aparece em mel, café e muitos alimentos caramelizados e é usado como aditivo pela indústria de alimentos e bebidas.

Fonte: MAXIQUIM – www.maxiquim.com.br

REDES SOCIAIS_