[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

DAK Americas expande seus negócios na Argentina com aquisição da Cabelma PET

DAK Americas Argentina SA (DAK), produtora de resinas PET na Argentina, anunciou a aquisição da Cabelma PET SA, uma operação de reciclagem de garrafas PET localizada em Buenos Aires, Argentina, que produz matérias-primas recicladas de grau alimentício a partir de garrafas PET. Os termos e condições da aquisição não foram divulgados; a aquisição ainda está sujeito a uma revisão pós- fechamento pelas autoridades da Argentina.
A facilidade recicla atualmente mais de 16 mil toneladas/ano de resíduos de garrafas PET, o que deve aumentar significativamente a sustentabilidade da linha de produtos da DAK, bem como, ajudar os clientes a otimizar seus processos. Cerca de 100 funcionários das operações de reciclagem Cabelma PET fazem parte da aquisição, mas a Cabelma SA, fabricante de caixas de plástico, não está inclusa.
DAK produz atualmente mais de 190 mil toneladas/ano de resina PET virgem em sua fábrica em Zarate, na Argentina, e planeja integrar o material reciclado pós-consumo seu processo de fabricação. Os novos produtos serão comercializados como uma solução única, com a marca Laser + da DAK. Segundo a empresa, a capacidade de incorporar material de PET reciclado diretamente em suas operações beneficia seus clientes nas indústrias de engarrafamento e embalagem através do fornecimento de um pellet com um teor de reciclagem especificado, eliminando a necessidade dos clientes de estabelecer processos de alimentação duplicadas e processos de mistura para acomodar materiais reciclados em suas respectivas linhas de produtos.
DAK Americas Argentina SA ainda informou que a aquisição não só tem um enorme impacto em termos de sustentabilidade do produto, como também vai melhorar muito a balança comercial, permitindo a empresa substituir importações, estabelecendo um fluxo de matéria-prima diretamente da Argentina.
DAK Americas Argentina é integralmente detida pela Alpek, S. AB de C.V. de Monterrey México e faz parte da DAK Americas, que é composta por cinco unidades de negócios: resina PET, fibras de poliésteres (PSF), monômeros e intermediários (TPA/PTA), polímeros especiais e PET renovável. A empresa, um dos maiores produtores integrados de resinas PET do mundo, tem instalações de produção nos EUA localizadas em Charleston, SC; Fayetteville, Carolina do Norte; Columbia, SC; e Bay St. Louis, MS. As instalações de produção internacionais da DAK Americas estão localizadas em Cosoleacaque, México e Zarate, na Argentina.
DAK possui a Clear Path Recycling, uma JV com a Shaw Industries para produzir PET Reciclado (RPET) a partir de garrafas PET pós-consumo e contêineres. O RPET, por sua vez, é utilizado pela DAK e pela Shaw em seus produtos. Atualmente, Clear Path pode reciclar mais de 160 mil toneladas de garrafas PET por ano.

Fonte: MaxiQuim

REDES SOCIAIS_