[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Aumentando sinergias entre indústrias de petróleo e gás e de biocombustíveis

Consultoria com mais de 36 anos de mercado e nova empresa no setor energético criam aliança para aumentar as sinergias entre as indústrias de petróleo e gás e de biocombustíveis!

A DATAGRO e a EnP, através dos seus presidentes Plínio Nastari e Marcio Felix, respectivamente, firmaram no dia 11 de março de 2020 em Ribeirão Preto, durante o evento de Abertura da Safra de Cana, Açúcar e Etanol 2020/21, uma aliança estratégica entre as duas organizações, visando:

Desenvolvimento de soluções inovadoras para integrar, ainda mais, a indústria de petróleo e gás com a de biocombustíveis com destaque para etanol, biodiesel, biogás e combustíveis sustentáveis para aviação;
Estruturação financeira para o portfólio de projetos da EnP, incluindo a criação de um fundo de investimentos em ecossistemas energéticos.

“A EnP tem o diferencial de trabalhar novas tecnologias e investimentos para tornar a matriz energética brasileira cada vez mais balanceada em carbono, o que está na essência de nossa aliança estratégica que firmamos hoje com a DATAGRO”, diz Marcio Felix, engenheiro com reconhecida atuação no setor energético brasileiro.

“A DATAGRO acredita na complementariedade entre os biocombustíveis e os combustíveis tradicionais, ao oferecerem soluções sustentáveis em energia e desenvolvimento. A união da experiência e expertise da EnP, sob a liderança do Dr. Márcio Félix, com a DATAGRO irá oferecer soluções energéticas integradas a vários setores da economia”, disse Plinio Nastari, presidente da DATAGRO.

A DATAGRO é uma consultoria agrícola integrada, com sede em São Paulo e em atividade há mais de 36 anos, que agrega valor a seus clientes e parceiros através de 14 diferentes Unidades de Negócio, e 152 colaboradores operando em 8 escritórios, sendo sete no Brasil e um no exterior. O foco da DATAGRO é o apoio à gestão e o aumento de eficiência e competitividade em atividades relacionadas aos setores agropecuário e agroindustrial, fomentando e fortalecendo a integração de diferentes elos da cadeia de produção e comercialização de produtos agrícolas, biocombustíveis, proteínas vegetal e animal e silvicultura. Os biocombustíveis são compreendidos como elo de ligação de diversas cadeias produtivas, agregando valor a matérias primas e promovendo desenvolvimento econômico e social e preservando o meio ambiente.

A Energy Platform (EnP) é uma empresa brasileira, sediada no Rio de Janeiro, criada com o DNA de conceber, desenvolver e operar ecossistemas energéticos que contribuam para uma transição energética, a mais balanceada possível. Para tal, com base no vasto portfólio energético do Brasil, a EnP identificará oportunidades e sinergias, por meio de alianças estratégicas e modelos de negócios inovadores.

 

Crédito: Datagro / Rafaela Conte

REDES SOCIAIS_