[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
Lançamento em breve do livro "Catalisando a Economia Circular"!
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Arábia Saudita abre suas portas e concede primeira licença de comercialização para a DOW

A Dow Chemical Company (DOW) recebeu uma licença de comercialização do governo da Arábia Saudita, fato inédito no país que permitirá maior alcance da companhia no mercado do Oriente Médio. A licença permitirá que a empresa estadunidense controle 100% do setor de comercialização do país e dessa forma desenvolva produtos e ações inovadoras que trarão benefícios nas áreas de eficiência energética e desenvolvimento sustentável.

O governo saudita vem aos poucos emitindo licenças para companhias estrangeiras com o intuito de diversificar sua economia, ainda muito atrelada à venda de petróleo, e que sofre com a queda da commodity. A liberação para a DOW só reforça a parceria entre a empresa, a maior investidora estrangeira do pais, e os Sauditas que já se estende por quase 40 anos com a presença de vários empreendimentos controlados pela multinacional.

Atualmente a DOW gera 500 empregos na Arábia Saudita e com a licença comercial novos postos serão viabilizados para pessoas com alta capacitação havendo especial foco no ingresso de mulheres locais no grupo de trabalhadores. A Dow, líder na produção de produtos químicos, plásticos e agroquímicos está presente através de seus produtos em 180 países e emprega cerca de 49.500 pessoas ao redor do globo. Suas vendas em 2015 atingiram U$$ 49 bilhões.

Fonte: MaxiQuim

REDES SOCIAIS_