[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
Lançamento em breve do livro "Catalisando a Economia Circular"!
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Maior usina de etanol do mundo ficará em GO

No que a Petrobras Biocombustíveis espera que seja o primeiro projeto de um novo ciclo de investimentos na produção de etanol no país, a empresa e o grupo São Martinho anunciaram que estão aplicando R$ 520 milhões para transformar a usina Boa Vista, em Quirinópolis (GO), na maior fábrica de álcool de cana-de-açúcar do mundo. A unidade pertence à Nova Fronteira Bioenergia, joint venture entre as duas empresas.

O investimento segue a estratégia da Petrobras de dar prioridade a projetos que se traduzam em novas linhas de produção de etanol e não só à compra de empresas. A estatal divulgou que investirá US$ 1,9 bilhão em etanol até 2015, dos quais 70% em novas usinas. Espera-se que a Boa Vista seja a primeira usina a receber crédito do BNDES em condições inéditas.

REDES SOCIAIS_