[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
Agricultura Regenerativa: uma perspectiva de modelo de negócio circular
DIRETO DO BLOG
Lançamento em breve do livro "Catalisando a Economia Circular"!
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Solvay anuncia venda de negócio de compostos reticulados

A Solvay, umas das maiores empresas de químicos do mundo, anunciou na última quinta-feira (30,) que venderá seu negócio de compostos poliolefinicos reticuláveis para o grupo italiano Finproject SpA, por uma quantia não revelada. A decisão vem na sequência de importantes mudanças nos negócios da Solvay, com a companhia focando no seu portfólio de especialidades.

 

Finproject é uma empresa de espumas moldadas por injeção, compostos à base de poliolefinas e compostos de PVC. A empresa foi fundada em 1965, inicialmente fazendo materiais para o mercado de calçados e posteriormente se ramificando em outras indústrias.

 

O negócio de compostos reticulados, que tem sede em Roccabianca, Parma, produz matérias primas utilizadas nas indústrias de fios e cabos, bem como de tubos industriais, e gerou vendas de aproximadamente €82 milhões (de euros) em 2016. Os materiais são produzidos na Itália, mas vendidos em todo o mundo. A unidade emprega cerca de 100 pessoas.

 

A transação deverá ser finalizada no segundo trimestre de 2017, e ainda está sujeita as condições de fechamento.

 

Fonte: Maxiquim

REDES SOCIAIS_