[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Sabic e ExxonMobil estudam empreendimento conjunto na costa do golfo

A Sabic anunciou que está considerando o potencial desenvolvimento de um complexo petroquímico juntamente com a Exxon Mobil Corporation, na Costa do Golfo, nos EUA.

Se acontecer, o projeto deverá ser localizado no Texas ou na Lousiana, perto de fontes de gás natural e incluiria unidades de craqueamento a vapor e derivados de escala mundial. O polietileno não é mencionado no anúncio, porém diversas empresas, dentre elas a própria ExxonMobil, estão adicionando grandes capacidades produtivas de PE na região da Costa do Golfo devido a ascensão do ‘shale gas’.

Antes de fazer as decisões finais de investimento, oficiais disseram que as empresas irão conduzir estudos e trabalhos com autoridades locais e estaduais para identificar um local com infraestrutura adequada.

Segundo a diretoria da Sabic, a empresa está focada na diversificação geográfica e no suprimento de novos mercados. Além disso, a nova proposta capturaria uma fonte competitiva e reforçaria a forte posição da Sabic na cadeira produtiva. Já a diretoria da ExxonMobil afirmou que possuem a capacidade de desenvolver um projeto com um conjunto único de atributos que o tornaria competitivo globalmente.

A Sabic e a ExxonMobil trabalharam juntas por 35 anos em grandes empreendimentos químicos conjuntos na Arábia Saudita.

Fonte: MaxiQuim

REDES SOCIAIS_