[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
Lançamento em breve do livro "Catalisando a Economia Circular"!
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Petrobras vende sua participação em ativos na Argentina

No dia 3 de Maio a Petrobras concluiu as negociações com a Pampa Energia dos principais termos e condições do contrato para venda de toda sua participação na Petrobras Argentina (PESA).

A transação inclui a venda dos 67,19% da PESA, que a Petrobras controla através do grupo Petrobras Participaciones S.L. (“PPSL”), em troca da retenção de 33,6% da Concessão Rio Neuquén e 100% da Colpa Caranda. A Concessão Rio Neuquén tem áreas com grande potencial de produção de gás natural na bacia de Neuquén enquanto que a Colpa Caranda corresponde à campos de produção de gás natural na Bolívia. O preço base da transação é de 892 milhões de dólares sendo que o valor total avaliado da PESA chega à 1,327 bilhões de dólares.

A operação faz parte do plano de desinvestimento da Petrobras que durará até 2019, a conclusão da mesma depende da aprovação e deliberação dos termos finais pelas agências reguladoras responsáveis e o conselho de administração da Petrobras.

Fonte: MaxiQuim

REDES SOCIAIS_