[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
Lançamento em breve do livro "Catalisando a Economia Circular"!
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

Eletromobilidade em Brasília

Foi lançado o Doze Twizy – veículo elétrico da Renault que pode comportar até duas pessoas, pode chegar a uma velocidade de 80 km/h e tem autonomia para rodar até 100 km com uma carga de bateria – fazem parte do projeto Veículo para Eletromobilidade – Vem DF, uma parceria entre o Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Governo do Distrito Federal, e poderão ser utilizados por 300 servidores do Distrito Federal, para deslocamentos na região central.

Esse primeiro projeto para compartilhamento de frota pública do país, inclui, além dos Twizy, 35 eletropostos, com capacidade para carregar de forma simultânea 70 carros, que poderão ser usados de forma gratuita por veículos de qualquer montadora. A intenção é que essa iniciativa difunda o uso de veículos elétricos e o conceito de mobilidade sustentável.

Na solenidade de lançamento, o diretor superintendente do Parque Tecnológico, General Eduardo Castanheira Garrido Alves, explicou que o aplicativo utilizado para o compartilhamento dos carros, o MoVe, foi desenvolvido pelo Parque Tecnológico Itaipu. Além de permitir saber onde estão estacionados os veículos e fazer reservas, o software possibilita a visualização dos trajetos feitos e a quantidade de gás carbônico que deixou de ser emitida, em comparação com os carros a combustão.

A princípio o projeto Vem DF terá uma rota restrita à Esplanada dos Ministérios e sedes dos órgãos da administração do DF.

REDES SOCIAIS_