[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular no Cenário do COVID-19
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Chemical Leasing,
um olhar na Química Verde e na Sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

DIRETO DO BLOG
O Setor de Borracha na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Políticas públicas voltadas para Economia Circular:
Um olhar sobre as experiências na Europa e na China
DIRETO DO BLOG
Iniciativas de Economia Circular na Indústria do Aço
DIRETO DO BLOG
Potencial do Biogás no Gerenciamento de Resíduos
e Sua Inserção na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Cadeias Produtivas e Governança
no Contexto da Economia Circular
DIRETO DO BLOG
Uma Visão dos Modelos de Negócios Circulares
DIRETO DO BLOG
Princípios, perspectivas e aplicação
do Chemical Leasing nos processos
de produção visando a sustentabilidade
DIRETO DO BLOG
A Economia Circular Além dos Horizontes
DIRETO DO BLOG
Logística Reversa na Economia Circular
DIRETO DO BLOG
A Simbiose Industrial além das fronteiras
previous arrow
next arrow
Slider

BioAmber fecha acordo para venda de bioBDO nos próximos 15 anos

BioAmber anunciou que planeja construir uma planta com capacidade de 100 mil toneladas/ano de 1,4-butanodiol derivado de fonte renovável (bioBDO), na América do Norte, para 2017. A empresa assinou um contrato com Vinmar Internacional para a compra de 100% do seu bioBDO produzido na nova fábrica por 15 anos. Vinmar também planeja investir na planta, tendo uma participação acionária minoritária de pelo menos 10%. Como parte do acordo, Vinmar também tem direito de preferência para investir e garantir 100% da produção de uma segunda planta de BDO que BioAmber poderá construir no futuro.

O 1,4-butanodiol (BDO) é uma substância utilizada em uma ampla gama de produtos, incluindo plásticos de engenharia para a indústria automotiva, poliuretanos e plásticos biodegradáveis. O atual mercado global do BDO é de aproximadamente US$ 4 bilhões. BioAmber produz o BDO combinando sua tecnologia de ácido succínico com uma tecnologia de catalisador licenciado pela DuPont. Segundo a empresa, seu BDO derivado de fonte renovável tem custo competitivo em relação ao BDO derivado de fonte fóssil. Vinmar acredita que a parceria com a BioAmber vai oferecer aos seus clientes preços competitivos de BDO.

Segundo o contrato, Vinmar será obrigada a comprar 100% do bioBDO produzido por 15 anos e a BioAmber será obrigado a vender exclusivamente para Vinmar. O modelo de negócio da Vinmar é assinar contratos com obrigação de aquisição, take-or-pay, de longo prazo, onde a empresa adquire a produção de uma planta e vende o produto no mercado, otimizando a logística e marketing globais em seu amplo portfólio de produtos químicos. Vinmar tem um histórico de venda de grandes volumes de BDO adquirindos da Sipchem entre 2005 e 2013, produzidos em sua planta de 75 mil toneladas/ano na Arábia Saudita.

Vinmar International é uma empresa privada de marketing, distribuição e desenvolvimento de projetos, com sede em Houston, Texas. Vinmar alcançou vendas superiores a 3 milhões de toneladas de produtos petroquímicos, polímeros e elastômeros, gerando uma receita de mais de US$ 4 bilhões, em 2012. A empresa faz parte do Grupo Goradia, que também inclui Goradia Capital, que adquire e opera plantas químicas e tem participação em projetos de base petroquímica.

BioAmber ainda planeja produzir 4 mil toneladas/ano de bioBDO em uma instalação nos EUA, em 2015. A instalação irá converter ácido succínico de fonte renovável produzidos em uma planta que está em construção em Sarnia, Canadá. Vinmar também se comprometeu a comprar 100% do BDO produzido nesta instalação.

Fonte: MAXIQUIM – www.maxiquim.com.br

REDES SOCIAIS_